segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Um em cem mil ou cem mil em um?








"Era uma pessoa igual a cem mil outras pessoas. Mas, eu fiz dela um amigo, agora ela é única no mundo."



Sei que muita gente já está cheia das "frases de efeito" ou de qualquer outro tipo de lição que possa vir de "O Pequeno Príncipe", porém como não falar dele quando se quer falar de uma coisa de forma simples e extremamente direta?

Todos os dias passamos por milhares de pessoas que cruzam nossos caminhos, por vezes esbarram, trombam, mas seguem seus destinos. São pessoas que entram em nossas salas de trabalho, chegam ao portão de nossas casas, mas, por muitas vezes sem encontrar o que procuram, a única coisa que deixam ali são os perfumes ou o eco de suas vozes por não mais que cinco minutos. São pessoas que são iguais a cem mil outras, mas que por algum motivo continuarão a ser como as outras cem mil.

É estranho olhar para os lados na rua, ver as pessoas e começar a imaginar que cada um tem sua história e como será que ela seria? Será que tem filhos? Será que alguém está esperando por ele em casa? Estaria indo trabalhar, procurar emprego ou está fazendo algum serviço de rua? Será que é bonzinho ou é só a cara? E os cabelos brancos será que foram bem vividos? Será preocupação? Cada um de nós compõe a sua história e cada ser em si carrega o dom de ser capaz de ser feliz, ou infeliz, ou o que quer que seja, mas cada passo que dá, cada conversa de seu dia é palavra escrita na página de seu diário. É vida, então é poesia. O tipo de texto cada um sabe o seu. Tantos são Fernando Pessoa e se escondem atras de máscaras, criam tantas vidas que são heterônimos de sua própria existência. Outros são Castro Alves e buscam sua liberdade, outros Clarices que estão sempre olhando dentro de si. E tem aqueles Carlos Drummonds também que não podem ver uma pedra no meio do caminho que já param no obstáculo. Mas são pessoas e continuaram sua trajetória como eu pularei uma linha e começarei um novo paragrafo desse texto.

O pior não é imaginar as pessoas. O pior é quando aquela que está do nosso lado, que é única no mundo se torna uma entre as cem mil. Não é difícil encontrar situações ou pessoas assim. Pessoas que entram em nossas casas, sentam em nossas salas, bebem um copo de água conosco, talvez um café e um pedaço de bolo, umas chegam até a almoçar em nossa companhia e após isso saem. Batem as portas e se vão. Voltam as vezes ou prometem voltar. As vezes até dão uma passagem rápida, mas não mais como antigamente. Mas isso a gente deixa pra outro texto.

Vamos hoje celebrar as pessoas especiais. Aquelas que nos tomam pela mão e nos fazem sentir especial. Caminham ao nosso lado e cativam e se deixam cativar. Amizade é via de mão dupla e não me venha dizer que é dar sem receber! Amizade é amar e ser amado só assim se cria vinculo, só assim se gera cumplicidade, só assim se pode dizer VOCÊ É DIFERENTE DE TODOS OS OUTROS VOCÊ É ÚNICO PRA MIM.

Eu tenho pessoas que são únicas no mundo. Eu as tenho porque elas me tem também. Ter nem sempre é possuir, mas cativar. Aqueles que estão em minha vida sabem que são únicos e que não existe nada que os prende a mim a não ser os laços que criamos. Imaginários, mas que podem ser rompidos facilmente. São livres assim como eu sou livre, podem ir e podem voltar desde que não causem estragos.

3 comentários:

  1. Ual. Por um momento eu fiquei em duvida se ainda lia o texto do Thiago ou se da Fernanda Brum, mas reconheci, era do Thiago, um texto sobre pessoas, sobre a vida e não um texto para ser comprado. Um texto que segue uma linha torta, pois torto é o ser humano, que segue, para, sonha, inventa, reinventa. Thiago, sem palavras, na minha opinião, o melhor texto seu. Não que os outros sejam ruins, mas esse, sei lá, parece que me encontrou e eu encontrei as pessoas que param em nossa porta, que passam por nós nas ruas... Parabéns! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Ahh tbm ameiii. perfeitãoo! Vou até indicar no face e no TT... Parabéns²

    ResponderExcluir